quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Dilma: "No meu governo políticas sociais se voltaram para as mulheres"


  Dilma Rousseff em Duque de Caxias ao lado das deputadas federais, Jandira Feghali (PCdoB-RJ) e Benedita da Silva (PT-RJ).  Foto: Ichiro Guerra

 “Vocês serão a minha voz e a minha palavra! Vamos juntas ganhar esta eleição, e mostrar que este País não quer voltar para trás, que não aceitamos perder as conquistas feitas arduamente”, afirmou a presidenta Dilma Rousseff, candidata à reeleição, nesta quarta-feira (22), durante caminhada com mulheres em Duque de Caxias (RJ).


Dilma disse que o Brasil vive uma batalha em defesa da manutenção da sua força e independência. “Temos que lutar para que aqueles que querem o bem deste País vençam esta eleição, aqueles que querem um Brasil forte e independente vençam. Nosso compromisso é no dia 26 comemorar a vitória do Brasil para frente”.

Caso Protógenes: Dois pesos, duas medidas; não se faz Justiça assim



A Comissão Política Nacional do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) divulgou nesta quarta-feira (22) uma nota em apoio ao deputado federal Protógenes Queiroz, do PCdoB de São Paulo, que foi punido na última terça-feira pelo Supremo Tribunal Federal por suposta "fraude" durante investigação no Caso Satiagraha.


Deputado Federal Protógenes QueirozDeputado Federal Protógenes Queiroz
O Partido também afirma causar estranheza a severa punição dada a Protógenes. "Causa indignação a utilização de dois pesos, duas medidas com que a Justiça lida no país com a falta de republicanismo nos inquéritos e, pior ainda, a impunidade ainda reinante, como nos fatos graves evidenciados pela Operação Satiagraha. Não se faz justiça assim", diz a Comissão Política Nacional do PCdoB.

Leia abaixo a íntegra da nota:

Dois pesos, duas medidas – Não se faz Justiça assim

Luciano Martins Costa: A "guarda revolucionária" da imprensa



Este observador recebe regularmente mensagens de jornalistas que atuam nos principais veículos de comunicação. São em geral desabafos, lamentações, queixas de profissionais que se dizem pressionados por dirigentes, editorialistas e até mesmo colunistas, que agem como aiatolás em defesa da doutrina predominante na imprensa. A “guarda revolucionária” das redações acredita piamente que está batendo às portas de Teerã.

Por Luciano M. Costa, no Observatório da Imprensa


Reprodução
  
Não é incomum que repórteres sejam abordados, em meio a suas tarefas, por esses diligentes guardiães da pauta, sempre ciosos de que o texto final seja uma reprodução exata daquilo que foi imaginado pelos planejadores da edição.

Luciano Martins Costa: A mídia estragou a oposição



Os jornais de quarta-feira (22) fazem uma série de digressões na cobertura da disputa eleitoral, levando seus leitores a passear por temas paralelos, como se os editores estivessem saturados com o bate-boca que eles mesmos estimularam.

Por Luciano Martins Costa, no Observatório da Imprensa


  
O Estado de S.Pauloaposta em manchete sobre a crise de abastecimento de água em São Paulo, o Globo destaca entrevista do ministro José Antônio Dias Toffoli, presidente do Tribunal Superior Eleitoral, e a Folha de S.Paulo apresenta explicações para a virada nas intenções de voto, favorável à reeleição da presidente Dilma Rousseff.

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Peculiaridades que nos farão lembrar das Eleições 2014.


Ana Maria Prestes *

Alguns fatos e características nos farão lembrar pra sempre destas eleições. Seguem pontuadas algumas que considero interessantes.


Primeira vez em que avaliamos a tendência do eleitorado pelo sobe e desce da bolsa de valores;

Primeiras eleições do "selfie";

Eleições em que, durante as campanhas, se travou uma verdadeira guerra virtual em território imune à lei eleitoral: o whatsapp;

As eleições das redes sociais;

Pernambucanos vão às ruas em apoio à reeleição de Dilma



Terminou agora a grande caminhada pelas ruas do centro do Recife que finalizou as atividades com a presidente e candidata a reeleição Dilma Rousseff (PT) em Pernambuco.



Em Petrolina, Dilma reúne milhares de pessoas.


Depois de ter reunido cerca de 30 mil pessoas em Petrolina e em Goiana, a presidente chegou ao Parque 13 de Maio por volta das 19h, e encontrou o Centro do Recife tomado pelos militantes. Estava acompanhada do ex-presidente Lula e dos senadores Humberto Costa (PT) e Armando Monteiro Neto (PTB), e a deputada federal Luciana Santos (PCdoB), em um mini trio elétrico.

Dilma visita fábrica em Pernambuco que vai gerar 8 mil empregos



As instalações da nova unidade industrial da Fiat Chrysler Automóveis em Pernambuco recebem, nesta terça-feira (21), a visita da presidenta Dilma Rousseff. O grupo está investindo R$10 bilhões e a fábrica comporá o Polo Automotivo de Goiana, na Região Metropolitana do recife, que, ao atingir a capacidade de produção de 250 mil veículos/ano, gerará oito mil empregos diretos.
 

Por seu poder irradiador sobre a economia, o polo automotivo projetará seus efeitos em toda a Zona da Mata Norte em Pernambuco. 
A fábrica, que está sendo instalada em terreno com 11 milhões de m² no município de Goiana, fica a 62 km do Recife e a 52 km de João Pessoa, na região conhecida como Mata Norte de Pernambuco.

As obras, iniciadas em setembro de 2012, estão com 85% de execução e tem previsão de início da produção para o primeiro trimestre de 2015. A planta industrial será a mais moderna fábrica do Grupo Fiat Chrysler e um dos mais avançados centros de produção do mundo.

Barão de Itararé promove debate sobre a censura de Aécio Neves



Na quarta-feira (22), a censura de Aécio Neves e a ameaça que a candidatura tucana representa à liberdade de expressão serão temas de debate na capital paulista. A atividade acontece no Sindicato dos Jornalistas de São Paulo (Rua Rego Freitas, 530 - República), a partir das 19h, com entrada franca.

 

A discussão dos conhecidos casos de censura por parte de Aécio Neves enquanto governador de Minas Gerais e o risco que significa sua possível eleição à presidência em relação à liberdade de imprensa e à liberdade de expressão no país serão discutidas pelos seguintes convidados:

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Vox Populli confirma Dilma com 52% dos votos válidos


A pesquisa do Instituto Vox Populi, encomendada pela TV Record, divulgada nesta segunda-feira (20) indica que a presidenta Dilma Rousseff permanece à frente do candidato tucano Aécio Neves na corrida à Presidência da República. Os números são semelhantes aos que foram divulgados pelo Datafolha também na noite desta segunda (20)

Considerando apenas os votos válidos, ou seja, descontando-se brancos, nulos e eleitores indecisos, Dilma aparece com quatro pontos percentuais a mais: 52%, enquanto o tucano soma 48%. É com esses números que o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) chega ao vencedor da eleição. 



Dilma em campanha.





















Leia também:

Ministério autoriza pagamento do Garantia-Safra a agricultores



Agricultores dos estados da Bahia, do Ceará, de Minas Gerais, da Paraíba, de Pernambuco e do Piauí, prejudicados pela seca este ano e em 2013, começarão a receber o benefício Garantia-Safra a partir deste mês, conforme calendário de pagamento de benefícios socais da Caixa Econômica Federal.

Plano safra

Portaria do Ministério do Desenvolvimento Agrário, publicada nesta segunda-feira (20) no Diário Oficial da União, autoriza o pagamento do Garantia-Safra aos agricultores de municípios dos seis estados que aderiram ao programa.

Criado em 2002, o Garantia-Safra visa a garantir condições mínimas de sobrevivência aos agricultores familiares de municípios sujeitos à perda de safra em razão da estiagem ou excesso chuvas. Os municípios estão situados na área de atuação da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene). O programa também beneficia o Espírito Santo.

Fonte: Agência Brasil
Reprodução
Plano safra

Governo cria comissão contra criminalização de movimentos sociais


O Conselho das Cidades, ligado ao Ministério das Cidades, criou a Comissão Especial contra a Criminalização dos Movimentos Sociais. O objetivo da comissão, segundo portaria publicada nesta segunda-feira (20) no Diário Oficial da União, é “impedir a criminalização de movimentos e organizações sociais” diante de iniciativas como o Projeto de Lei do Senado (PLS) 499/2013, que define o crime de terrorismo.

Manifestação na USP (Marcos Bezerra)

Umas das atribuições da comissão será justamente representar o Conselho das Cidades nos debates sobre o PLS 499/2013 e outras propostas correlatas. O colegiado também terá a função de “provocar interlocução junto ao Congresso Nacional, com o objetivo de sensibilizar o parlamento no sentido de garantir a não aprovação de dispositivos legais que violem direitos e liberdades constitucionais”.

Inácio apresenta propostas de incentivo a produção no Nordeste


O senador Inácio Arruda (PCdoB-CE) apresentou emendas à Medida Provisória em tramitação no Congresso, que possibilitam incentivos a setores importantes da produção no Nordeste, como forma de enfrentar a seca.  


A exportação de peles de ovinos e caprinos tem enfrentado problemas decorrentes do chamado custo Brasil, explica o senador.A exportação de peles de ovinos e caprinos tem enfrentado problemas decorrentes do chamado custo Brasil, explica o senador.
O senador quer garantir ao setor de laticínio utilizar o ressarcimento dos créditos presumidos de forma simples para capitalizar-se. “A estiagem que assola a região Nordeste tem consequências nefastas sobre vários setores da economia, em especial o setor de laticínios”, justifica o parlamentar.

"A mobilização deve ser o diálogo e o contato com o povo", diz Renato



Na reta final das eleições no Brasil, o presidente nacional do PCdoB, em entrevista à Rádio Vermelho nesta segunda-feira (20) faz uma importante reflexão da acirrada campanha presidencial no país. Renato Rabelo reafirmou que são dois projetos diferentes em disputa e passou uma mensagem de mobilização e esperança para a militância comunista. 

 "A mobilização deve ser o diálogo e o contato com o povo", diz Renato
Sobre o que chamou de momento decisivo, Renato ressalta que a batalha está sendo desigual e por isso, a mobilização é importante para informar à população o que representa a candidatura de Aécio Neves (PSDB). “É importante salientar que as forças conservadoras comprometidas com a campanha de Aécio (grandes grupos da mídia, oposição conservadora e os grandes ciclos financeiros) procuraram fazer uma grande investida com uma ânsia de derrotar as forças populares e democráticas para que não alcancem um quarto mandato no Brasil”.

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Lula: Quando os tucanos governaram o Nordeste era tratado a pão e água



Em entrevista a Rádio Jornal, no programa de Geraldo Freire, de Recife (Pernambuco), nesta segunda-feira (20), o ex-presidente Lula enfatizou que os tucanos nunca olharam para o Norte e Nordeste do Brasil.


Ricardo Stuckert/Instituto Lula
"Queremos apenas que o Nordeste recupere tudo que perdeu no século XX”, enfatizou Lula"Queremos apenas que o Nordeste recupere tudo que perdeu no século XX”, enfatizou Lula
“Houve um tempo em que essa gente governou o Brasil e o Nordeste era tratado a pão e água. Tudo era pensado para a região mais desenvolvida do país e pouquíssimo para as regiões menos desenvolvidas”, pontuou Lula.

O ex-presidente lembrou que durante seu governo, quando reunia esforços para levar a Fiat e outras empresas para a região, “Aécio chegou a propor medida provisória” no Congresso para impedir a ida da empresa. “Esse tipo de gente que nunca contribuiu para o desenvolvimento do Norte e Nordeste sempre achou que essas regiões deveriam aparecer na imprensa como campeãs da seca, campeãs do analfabetismo, do desemprego. Nós resolvemos mudar isso”, afirmou.

Adalberto Monteiro: Mobilização do povo definirá o “26”



As pesquisas, análises, estatísticas e o eco das ruas teimam em indicar que o resultado do próximo dia 26 está indefinido. Para desempatar esse jogo, o fator que poderá decidi-lo é mais militância, mais mobilização do povo, mais empenho das forças políticas e sociais da frente ampla. 

Por Adalberto Monteiro*


BemParaná
Dilma no Paraná - Curitiba 17/10/2014Dilma no Paraná - Curitiba 17/10/2014
A mobilização dos apoiadores de Dilma se eleva de importância, sobretudo depois da antidemocrática intervenção de ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no programa eleitoral na TV e no rádio. Sob o pretexto de elevar o nível do debate, juízes da corte passaram, na prática, a censurar a liberdade de expressão dos partidos e das candidaturas. Essa conduta de bloquear o debate vem, deliberadamente, ao socorro de Aécio Neves.

Breno Altman: Tucanos flertam com golpismo



O ex-governador Alberto Goldman, coordenador da campanha de Aécio Neves em São Paulo, leva seu ódio antipetista ao paroxismo. Leiam com atenção o título de seu artigo mais recente, no site do PSDB: “O Brasil rejeitou o PT. Dilma não teria condições de governar o Brasil.” Do que está falando esse cavalheiro que um dia já foi de esquerda?

Por Breno Altman*, em seu blog


  
Que o resultado eleitoral não deve ser acolhido? Que os tucanos irão desconhecer a vontade das urnas, a partir da noite do dia 26, agindo como a pior parte da oposição venezuelana e tentando virar a mesa?

Goldman parece ter finalmente concluído sua adesão ao lacerdismo e seu bordões.

Você cresceu junto com o Brasil e continuaremos assim para crescer ainda mais”, afirma Dilma

Blog do Renato

image
Nas considerações finais do debate entre os candidatos à presidência da República da TV Record, a presidenta Dilma Rousseff afirmou que continuará trabalhando para o Brasil crescer e para que a vida dos brasileiros melhore ainda mais.

TSE decidiu e Aécio vai ter que tirar propagandas caluniosas do ar



Aécio Neves diz que o PT está fazendo uma campanha de baixo nível, ao mesmo tempo em que desrespeita a presidenta ao chamá-la de “mentirosa” e “leviana” em todos os debates entre os dois presidenciáveis. Ao que parece, Aécio quer jogar para o PT todas as ações caluniosas que sua própria campanha vem promovendo.Por decisão de Tribunal Superior Eleitoral, a campanha tucana terá que suspender quatro inserções sobre a Petrobras que vinha divulgando contra Dilma na TV e no rádio. 

É possível também que Igor Rousseff ganhe direito de resposta por tido sua honra ofendida na campanha de Aécio Neves

O Ministro Tarcisio Vieira de Carvalho Neto determinou a retirada imediata das propagandas do ar baseado na Representação 165865, pela não deterioração do nível das peças publicitárias preparadas para as eleições. Na decisão, o ministro reitera que “ataques deste tipo (de Aécio) prestam desserviço ao debate eleitoral fértil e autêntico e, em maior escala, à própria democracia”.

domingo, 19 de outubro de 2014

QUEM CONHECE OS NÚMEROS DO ECONOMISTA DE AÉCIO E COMPARA AOS NÚMEROS DO ECONOMISTA DE DILMA, VOTA EM DILMA



Por Dedé Rodrigues

  Armínio Fraga e Guido Mantega.
Recentemente houve um debate entre os economistas Armínio Fraga escolhido por Aécio para ministro da economia, caso ganhe as eleições, contra Guido Mantega, o Ministro de Dilma. Eu aproveitei para resumir os números apresentados no debate para  facilitar mais a compreensão do leitor\eleitor. Os números da economia de 2002 contra os números da economia de 2014 mostram as diferenças entre os dois projetos em disputas. Eles  mostram que o projeto de Dilma é a favor de um Brasil para todos os brasileiros, com menos inflação, mais investimentos, mais crescimento econômico e mais distribuição de renda. Enquanto o projeto ou a intenção do economista  de Aécio é ser a favor de um Brasil com mais juros, que resultará em menos investimentos, menos distribuição de renda e menos crescimento econômico. Ele, sem dúvidas, governará para os especuladores, para os bancos, para o mercado e para a burguesia neoliberal entreguista. Segundo o autor da matéria Haroldo Lima “A economia é o terreno mais sólido para se caracterizar as posições e estabelecer as diferenças”. Vamos aos números:

Por qual cartilha Marina reza? Os simpatizantes da Rede precisam saber



Marina ajoelhou e... rezou para Aécio e para o seu deus-mercado. É bom que os militantes perplexos da Rede e os eleitores espantados de Marina saibam que desde sempre ela foi uma invenção desses caras. E que a decisão, mais uma vez, foi ditada pelos patrões.

Por Reginaldo Moraes*, publicado no Brasil Debate

Marcos Fernandes
Marina e o tucano Aécio Neves em encontro que selou a troca de alianças do segundo turno

 

Marina e o tucano Aécio Neves em encontro que selou a troca de alianças do segundo turno

Não, não é o Velho Testamento, não se trata de nenhuma loteria bíblica. As decisões de Marina decorrem de motivações bem mais terrenas e materiais.

Depois de criticar a polarização entre os “iguais” e dizer que representava uma alternativa “a tudo o que está aí”, a líder da nova política declara apoio à velhíssima política dos Neves.

Homofobia, a urgência da criminalização



Em um discurso eloquente e frustrado, o candidato à presidência Levy Fidelix (PRTB) distribuiu insultos, esbravejou e revelou uma faceta ainda desconhecida pela grande maioria da sociedade brasileira, que o enxergava de maneira caricata e engraçada. Uma agressividade demasiada e posicionamentos preconceituosos. 

Por Breno Rosostolato * 

Retrocedemos aos momentos obscuros e sanguinários de nossa história. Por isso a urgência em se criminalizar a homofobia. 
Dia 28 de setembro de 2014, as declarações do candidato foram além de propostas políticas. Demonstrou o verso do político, o outro lado de um homem truculento, que fez de palavras violentas, sua munição, descarregada nos homossexuais.


 
Questionado pela também candidata Luciana Genro sobre direitos homoafetivos, Levy vomita opiniões enfadonhas e absurdas. Compara os homossexuais à pedofilia, diz que “dois iguais não fazem filho'' e que “aparelho excretor não reproduz''.
Retrocedemosaos momentos obscuros e sanguinários de nossa história.  Por isso a urgência em se criminalizar a homofobia.

Umberto Martins: A dimensão internacional das eleições de outubro



O debate eleitoral é dominado por temas relacionados à economia política doméstica e com uma agenda ditada pela direita e fortemente influenciada por um falso moralismo. Mas existe uma dimensão pouco comentada e visível do pleito presidencial que tem grande relevância para os destinos do Brasil, da América Latina e do mundo, embora não seja um tema presente nos debates promovidos pela grande mídia ou mesmo nas propagandas eleitorais.

Por Umberto Martins*, especial para o Vermelho

"Um eventual retrocesso tucano pode atrasar não só o processo de libertação latino-americana e caribenha das garras do império, como também comprometer o futuro do Brics"
Trata-se da dimensão internacional das eleições de outubro, que além do Brasil envolvem dois outros países latino-americanos: a Bolívia - onde a batalha foi resolvida no último domingo (12), com a folgada reeleição de Evo Morales no primeiro turno - e
Xinhua
"Um eventual retrocesso tucano pode atrasar não só o processo de libertação latino-americana e caribenha das garras do império, como também comprometer o futuro do Brics"
o Uruguai, onde a julgar pelas pesquisas o candidato da Frente Ampla, Tabaré Vázquez, deve vencer o primeiro turno no dia 26, mas terá de enfrentar uma segunda rodada (em 30 de novembro) contra Luiz Lacalle Pou, candidato da direita neoliberal.

sábado, 18 de outubro de 2014

O Brasil inteiro se mobiliza pela reeleição de Dilma


Um final de semana de mobilizações de Norte a Sul do Brasil marca a reta final do segundo turno das eleições presidenciais. A partir deste sábado (18), os bandeiraços, adesivaços, panfletagem e carreatas se somam às ações de corpo a corpo nas ruas e residências e reuniões pela definição do voto à presidenta Dilma Rousseff, candidata à reeleição, no próximo dia 26.

Mobilizações pró-Dilma acontecem de Norte a Sul do Brasil neste final de semana

As carreatas percorrem as ruas das capitais e várias cidades brasileiras e os adesivaços, bandeiraços e as panfletagens estão espalhadas em vários pontos de grande circulação, feiras e praças de todo Brasil.

Mensalão Pernambucano: superfaturamento em refinaria chegou a 190%


Desbaratada pela PF, a quadrilha ligada a coordenadores da campanha do tucano Aécio Neves em Pernambuco também montou um esquema criminoso de superfaturamento nas obras da refinaria Abreu e Lima, em Ipojuca. Entre os envolvidos estão o tesoureiro tucano Geraldo Cisneiros e o ex-deputado federal pelo PSDB Bruno Rodrigues, agora no PSB.

Capobianco: ex-braço direito de Marina Silva na mira da PF por conta de superfaturamento em Pernambuco

O bando, segundo a PF, também desviou dinheiro dos setores de educação, saúde, combustíveis, recursos humanos e empreendimentos no Porto de Suape. Há, também indícios de fraudes financeiras na Fundação Previdenciária do Estado (Fundepe).