segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Cid propõe frente de esquerda em apoio a Dilma e a reforma política


Em entrevista à revista CartaCapital, o governador do Ceará, Cid Gomes (Pros), defendeu a criação de uma frente de esquerda para trabalhar pela estabilidade e avanço nas conquistas do governo Dilma Rousseff e fazer um contraponto ao fisiologismo e aos conservadores no Parlamento. “É melhor ter uma base mais enxuta, porém mais confiável”, enfatizou ele.

Camilo Santana, governador eleito do Ceará, presidenta Dilma e Cid Gomes em encontro em Brasília após a realização do segundo turno das eleições.
Segundo Cid Gomes, o objetivo é garantir uma base aliada coesa e forte, abrindo campo para uma reforma política, que na sua avaliação é “uma unanimidade” na sociedade. “O Executivo precisa de uma nova forma de se relacionar com o Parlamento ou, pelo menos, deve tentar
Roberto Stuckert Filho
Camilo Santana, governador eleito do Ceará, presidenta Dilma e Cid Gomes em encontro em Brasília após a realização do segundo turno das eleições.

melhorá-la, 
torná-la mais ética e transparente. A Operação Lava Jato ajuda nesse sentido, pois fragiliza o núcleo central desse modelo de governança instituído em meados do governo Lula. Dilma tentou mudá-lo, mas teve que se render no principal”, pontua.

Rio celebra maior cerimônia coletiva de casamento homoafetivo do mundo


Ao todo, 160 casais homossexuais oficializaram união neste domingo (23) simultaneamente, no Armazém Utopia, zona portuária do Rio de Janeiro. Esta foi a quinta cerimônia de casamento civil homoafetivo realizado no estado e a maior cerimônia do mundo, segundo a Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos, organizadora do evento.

Ao reunir 160 casais, Rio celebra maior cerimônia coletiva de casamento civil homoafetivo do mundo
No total, mais de 500 casais foram beneficiados com a iniciativa, resultado de parceria entre a secretaria o Tribunal de Justiça do estado do Rio de Janeiro e a Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado do Rio de Janeiro.

Venezuela: Entre revoluções e leis habilitantes


O último quadrimestre de 2014 tornou-se para a Venezuela o impulso de cinco revoluções e igual número de leis habilitantes promulgadas, passos decisivos para consolidar o futuro da nação sul-americana.


Reprodução
Uma terceira e chamada revolução das revoluções é a que deverá acontecer nas missões socialistas, pois se trata de criar um sistema de programas sociais que apontam a melhorar as condições de vida e trabalho na baseUma terceira e chamada revolução das revoluções é a que deverá acontecer nas missões socialistas, pois se trata de criar um sistema de programas sociais que apontam a melhorar as condições de vida e trabalho na base
No início de setembro, o presidente da República Nicolás Maduro explicou que a primeira dessas reformas é a revolução econômica. 

Trata-se de uma transformação profunda, disse, para o desenvolvimento de uma economia avançada com capacidade para satisfazer necessidades básicas, gerar divisas e acionar exportações que tragam riqueza ao país.

domingo, 23 de novembro de 2014

Banco do Brics é o primeiro passo para desdolarizar a economia mundial


O Brics poderá passar a ser na prática uma alternativa competitiva para o atual sistema econômico da hegemonia norte-americana. E ainda mais, o Brics é capazes de tomar o seu lugar. Essas são algumas considerações manifestadas por Peter Koenig, um economista norte-americano e ex-funcionário do Banco Mundial.

Banco do Brics é o primeiro passo para desdolarizar a economia mundial

Na opinião do especialista, o Banco de Desenvolvimento instituído pelo Brics é o primeiro passo no sentido de desdolarizar o sistema econômico global.

sábado, 22 de novembro de 2014

Ucrânia e EUA não apoiam a resolução da Rússia contra o neonazismo


A resolução sobre a luta contra a heroização do neonazismo foi aprovada pelo Terceiro Comitê da Assembleia Geral da ONU por iniciativa da Rússia. Contra esta resolução votaram apenas três Estados – os EUA, a Ucrânia e o Canadá.


Red Phoenix
Neonazistas na Ucrânia Neonazistas na Ucrânia 
115 Estados votaram a favor desta resolução, 55, incluindo os países-membros da União Europeia, abstiveram-se.

Os membros da Assembleia Geral da ONU manifestam por intermédio desta resolução “a sua profunda preocupação por motivo da glorificação em qualquer forma do movimento nazista, do neonazismo e dos antigos membros da organização "Waffen SS", incluindo a construção de monumentos e de complexos memoriais e a realização de manifestações públicas”.

Conae defende novas fontes de recursos para educação



A educação brasileira sofreu uma considerável transformação nos últimos anos. Enem, Prouni, Fies, Pronatec, Ciência Sem Fronteiras… Programas que permitiram que a maior parte da população, historicamente excluída da participação nos estudos, iniciasse um processo de inclusão como nunca se viu em terras tupiniquins.

Virginia Barros “Aqui (no Brasil) ainda estamos longe de debater uma reforma tributária justa e mais longe ainda de debater o imposto sobre grandes fortunas”
Mas existe algo que precisa ser discutido: Novas Fontes de Recursos para o Financiamento da Educação Pública. Esta foi uma das inúmeras mesas de debates da tarde desta sexta (21) na Conferência Nacional de Educação (Conae).

Esta é uma discussão complexa. Há quem diga que não falta dinheiro, mas sim boa gestão dos recursos. Porém alguns dados mostram que os recursos precisam sim ser expandidos. Em sua fala, a presidenta da União nacional dos Estudantes, Virgínia Barros, lembrou que entre os desafios para assegurar os 10% do PIB no PNE é convencer as pessoas que precisamos investir mais em educação. “Hoje investimos pouco mais de 5% do PIB em educação. E nosso desafio é como chegar aos 10% e de que forma serão aplicados da educação brasileira”, disse.

"Dr. Freitas" e o sumiço de Aécio Neves


Por Helena Sthephanowitz, na Rede Brasil Atual:

Nas últimas entrevistas, o senador Aécio Neves (PSDB), apareceu histérico tentando pautar desesperadamente a mídia na Operação Lava Jato para atacar o governo Dilma e afastar os holofotes dos tucanos. Parece que vai ser difícil agora.

Depois de muita enrolação, com direito a manchete do tipo “Doações de investigadas na Lava Jato priorizam PP, PMDB, PT e outros”, para não citar PSDB, apareceu o Doutor Freitas. Notinhas tímidas, em letras miúdas, no rodapé de páginas dos grandes jornais informam que o dono da UTC, Ricardo Pessoa, disse em depoimento à Polícia Federal que tinha contato mais próximo com o arrecadador de campanha do PSDB, o Doutor Freitas, Sérgio de Silva Freitas, ex-executivo do Itaú que atuou na arrecadação de campanhas tucanas em 2010 e 2014 e esteve com o empreiteiro na sede da UTC. Ainda de acordo com o depoimento, objetivo da visita do Doutor Freitas foi receber recursos para a campanha presidencial de Aécio.

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Deputado alerta para conivência com erros do PSDB 

O deputado Amauri Teixeira (PT-BA) utilizou-se de artigo publicado na imprensa intitulado: Procuradores da Operação Lava-Jato dizem que esquema começou no Governo Fernando Henrique para criticar a postura da oposição no Congresso Nacional de sucessivos ataques ao PT. E destacou que, na época do governo FHC, o Judiciário era totalmente submisso. 


Procuradores da Operação Lava-Jato dizem que esquema de corrupção começou no Governo Fernando Henrique. Procuradores da Operação Lava-Jato dizem que esquema de corrupção começou no Governo Fernando Henrique. 

Sim, somos comunistas


Rita Matos Coitinho *

As redes sociais e a internet livre têm servido como contraponto à hegemonia das grandes corporações midiáticas e como canais eficientes de propaganda e mobilização política, muito aproveitados pelas organizações de esquerda e movimentos sociais, historicamente à margem dos sistemas de comunicação.

Livro Dialética Radical do Brasil Negro ganha segunda edição


Reprodução
Clóvis Moura e a capa do novo livro.Clóvis Moura e a capa do novo livro.

A segunda edição da obra de Clóvis Moura, Dialética Radical do Brasil Negro, será lançada na terça-feira (25) na Fundação Nacional das Artes (Funarte) em São Paulo. Durante o lançamento também acontecerá um debate sobre a questão racional no Brasil. Um dos expositores será Dennis de Oliveira, professor da USP e que concedeu uma entrevista exclusiva para a Rádio Vermelho sobre o tema.

Mais de 17 milhões de negros superaram extrema pobreza no Brasil


O Dia Nacional da Consciência Negra, comemorado nesta quinta-feira (20), reforça a importância da articulação de políticas públicas para a superação da extrema pobreza entre a população negra. Desde 2011, quando foi criado o Plano Brasil Sem Miséria, mais de 17,1 milhões de negros superaram a miséria. As ações do governo federal contribuem para um resgate histórico, que melhora a renda das famílias e dá mais acesso à saúde e à educação.

Foto: divulgação/MDS.
Estudo desenvolvido pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) para avaliar a pobreza em uma visão multidimensional, a partir de trabalhos desenvolvidos por técnicos do Banco Mundial, aponta forte redução entre a população de negros e indígenas, passando de 12,6% em 2002 para 1,7% em 2013. “A vida dessas famílias, que por muito tempo foram excluídas da sociedade pela raça, pela baixa renda e pela falta de oportunidades, está se transformando para melhor”, observa a ministra Tereza Campello. Ela ressalta que, entre os 14 milhões de famílias beneficiárias do Bolsa Família, 73% são negros e pardos.

VOMITAS O TEU RACISMO DO TEU CORPO INFECTADO



Por Dedé Rodrigues

Na semana da Consciência Negra na Escola Arnaldo Alves Cavalcanti em Tabira, os professores de História, Filosofia, Sociologia, Geografia, com o  apoio dos professores das Ciências Exatas ou Naturais,  realizaram uma Mesa Redonda com três palestrantes: Genildo Santana, Filosofia, Marcelo Baiano, História e Joel Mariano sindicalista intitulada A Consciência Negra e o Combate a Todas as Formas de discriminação". Na oportunidade li este verso. 

Onde guardas teu racismo
Esta semente do mal
Que foi plantada e regada
Pelo nosso ancestral?
 Não importa onde tu guardas
Na mente ou no coração,
 Nas palavras, nos teus gestos,
Nas formas de relação...
 É preciso repensar
Os teus atos, meu irmão.

Democracia ameaçada


Eduardo Bomfim *

Pelo que se vê através da grande mídia oligárquica a campanha eleitoral presidencial ainda não terminou, se pretende um terceiro, quantos turnos “eleitorais” forem necessários para derrubar do poder Dilma Rousseff legitimamente consagrada presidente nas urnas.

Dia da Consciência Negra: Movimentos fazem protesto em SP


 Para comemorar o Dia da Consciência Negra, movimentos negros foram às ruas em São Paulo para pedir por reforma política e da mídia, desmilitarização da polícia e pela destinação de mais recursos para as políticas de inclusão social. Cerca de 500 pessoas, segundo a Polícia Militar, participam do ato, que reúne baterias de escola de samba, passistas e baianas, além de religiosos.


Cris Faga/Fox Press Photo/Estadão Conteúdo
Cerca de 500 pessoas, segundo a Polícia Militar, participam do ato, que reúne baterias de escola de samba, passistas e baianas, além de religiosos.Cerca de 500 pessoas, segundo a Polícia Militar, participam do ato, que reúne baterias de escola de samba, passistas e baianas, além de religiosos.
O ato começou na Avenida Paulista e, neste momento, os manifestantes ocupam um dos sentidos da Avenida Consolação, com destino ao Theatro Municipal, no centro da capital.

Esta é a 11ª edição da Marcha da Consciência Negra e, este ano, segundo Dennis Oliveira, coordenador do Coletivo Quilombação, o protesto engloba sete eixos principais de luta: a reforma política, em que pedem o fim do financiamento privado nas campanhas políticas; a reforma da mídia, em que defendem a democratização da mídia; a desmilitarização da polícia e o fim dos autos de resistência; a destinação de mais recursos para as políticas de inclusão social; a implantação das leis antirracismo; o direito de expressão das religiões de matriz africana; e contra o machismo e a violência contra a mulher negra.

Rendimento médio da população sobe para R$ 2.122,10


O rendimento médio real habitual da população ocupada no Brasil subiu 2,3% em outubro ante setembro, divulgou nesta quarta-feira (19) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. A média nas seis regiões metropolitanas pesquisadas foi R$ 2.122,10 contra R$ 2.075,39 anteriormente.


Rendimento médio da população sobe para R$ 2.122,10Também foi constatada alta no rendimento em relação ao mesmo mês do ano passado, quando a média era de R$ 2.041,10. Nessa comparação, o crescimento chegou a 4%.

A massa de rendimento médio real habitual, total pago à população ocupada, foi R$ 50,1 bilhões em outubro, o que representa um crescimento de 3,1% ante setembro e de 3,8% em relação ao mesmo mês do ano passado.

Qual é a escola que queremos? Como queremos que ela seja construída?


Beatriz Helena de Souza *
 
 

Uma das funções de quem tem filhos, abrangendo quem é responsável pela criação de alguém, é educar. Educar no sentido da convivência com o outro e com a coletividade, o que envolve boas maneiras, respeito e cordialidade; e dar instrução, que envolve a transmissão de conhecimentos desenvolvidos e acumulados ao longo da história da humanidade, nas ciências e nas artes. Falo de escola.

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Dia da Consciência Negra é um chamado à reflexão, afirma Edson França


Reprodução
Presidente da Unegro, Edson França, durante marcha do Dia da Consciência Negra em 2013.Presidente da Unegro, Edson França, durante marcha do Dia da Consciência Negra em 2013.

Em entrevista exclusiva para a Rádio Vermelho, Edson França, presidente da União dos Negros Pela Igualdade (Unegro), fala sobre o Dia da Consciência Negra que acontece nesta quinta-feira (20). Edson afirmou que a data serve para refletirmos sobre importância da igualdade racial e também comentou quais as lutas a serem travadas pelo movimento negro atualmente.

Por Ramon de Castro,para a Rádio Vermelho


Ouça o áudio na íntegra na Rádio Vermelho:

A CONSCIÊNCIA NEGRA E O COMBATE A TODAS AS FORMAS DE DISCRIMINAÇÃO



Por Dedé Rodrigues
Nesta quinta-feira, dia 20 de novembro de 2014, das 13:30hs às 15:30hs, acontecerá no Auditório José Rufino da Costa Neto, na Escola Arnaldo Alves Cavalcanti,  uma importante Mesa Redonda (debate) de alto nível com o tema “A Consciência Negra e o Combate a Todas as Formas de Discriminação”. O evento contará com os debatedores, Professor de Filosofia Genildo Santana, Professor de História da Escola Pedro Pires Marcelo Baiano e o militante dos movimentos sociais, ex-­vice-prefeito de Tabira, Joel Mariano.  A mesa redonda ou o debate está sendo organizado pelos professores de História, Sociologia e Geografia Dedé Rodrigues, Iraci e Marcos Vinícius. PARTICIPE!

Movimentos se mobilizam em todo o país pelo Dia da Consciência Negra

Esta quinta-feira marca o Dia da Consciência Negra, 20 de novembro, o momento em que os movimentos sociais se unem em torno de apenas uma causa: o combate ao racismo em busca pela igualdade dos povos. Ações voltadas para esta questão serão realizadas em diversos estados brasileiros. Segundo o presidente da Unegro, Edson França, neste dia o país para e faz um “balanço” das conquistas e se prepara para fortalecer a luta no período seguinte. 


Dia da Consciência Negra é feriado em mais de mil cidades
imentos sociais vão realizar atividades para levantar o debate sobre a questão racial e convidar a sociedade a refletir sobre o tema. De forma conjunta, o movimento negro paulista realiza a 11ª edição da Marcha da Consciência Negra, com pautas pontuais sobre a realidade dos negros no país. 

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Procurador da República que defendeu "intervenção militar" é afastado


O Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) decidiu afastar por 90 dias o procurador da República em Joinville (SC) Davy Lincoln Rocha por suspeita de ter cometido crime contra a ordem democrática e quebra de decoro pessoal. Em carta divulgada no Facebook, o procurador defendeu intervenção militar, como ocorreu em 1964.

 

Senado: Emenda que destina mais R$ 5 bilhões à educação é aprovada


A Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado (CE) aprovou nesta terça-feira (18) emenda ao projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2015 que aumenta em R$ 5 bilhões o investimento nas escolas públicas. De autoria da senadora Angela Portela (PT-RR), a proposta aumenta de 10% para 15% o valor mínimo da complementação da União ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).


Chico Terra
 A proposta aumenta de 10% para 15% o valor mínimo da complementação da União ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).A proposta aumenta de 10% para 15% o valor mínimo da complementação da União ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).
Principal fonte de financiamento da educação básica pública, o Fundeb é formado por percentuais de diversos impostos municipais, estaduais e federal e transferências constitucionais, a exemplo do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Pelo menos 60% dos recursos devem ser usados na remuneração de profissionais do magistério em efetivo exercício, como professores, diretores e orientadores educacionais. O restante serve para despesas de manutenção e desenvolvimento do ensino, compreendendo, entre outras ações, o pagamento de outros profissionais ligados à educação, bem como para aquisição de equipamentos e construção de escolas.

Se Dilma quer paz, que faça a guerra


Por Breno Altman, em seu blog:

A oposição mudou sua estratégia.

Das eleições findadas em 26 de outubro, extraiu a conclusão de que deveria passar imediatamente à ofensiva.

Nada de acumular progressivamente forças, como em pleitos anteriores. A nova orientação é cristalina: acuar e sabotar o governo desde o primeiro momento.

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Coalizão pela Reforma Política Democrática lança manifesto


As entidades que participam da Coalizão pela Reforma Política Democrática e Eleições Limpas divulgaram o “Manifesto – Reforma Política Democrática Já!”, que convoca o povo brasileiro, entidades e movimentos sociais para se incorporarem na luta pela aprovação do Projeto de Lei de Iniciativa Popular pela Reforma Política Democrática. 

Em defesa da Reforma Politica, 15 mil pessoas saíram às ruas na capital paulista.
A coalizão, composta por mais de cem entidades representativas da sociedade civil, entre as quais a OAB, CNBB, UNE, Ubes, CUT, CTB, Contag, apresenta ao povo o projeto de iniciativa popular que propõe, entre outros pontos, o fim da influência do poder econômico e o barateamento das campanhas eleitorais, a extinção do financiamento por empresas ou adoção do financiamento democrático de campanha, através do financiamento público e da contribuição do cidadão, não ultrapassando 40% do financiamento público. As demais propostas estão descritas no manifesto.

Colunista do Globo indica caminho para o golpe


O jornalista Merval Pereira, colunista do Globo e nome da casa mais alinhado com o PSDB e com os irmãos Marinho, publicou, nesta terça-feira (18), uma coluna que funciona como uma espécie de roteiro do golpe para a derrubada da presidente Dilma Rousseff.

Merval Pereira.

Embora o texto se chame Sem golpismos, é justamente do golpe contra uma presidente reeleita há menos de um mês que ele trata. Um escárnio.

No Roda Viva, Flávio Dino defende "ciclo de prosperidade para todos”


Governador eleito garantiu que seu governo priorizará a universalização de direitos. Ele foi entrevistado no programa da TV Cultura por jornalistas de alguns dos principais veículos do País.

 
O governador eleito, Flávio Dino, deu os indicativos de como pretende administrar o Maranhão a partir de 1º de janeiro de 2015. Durante entrevista ao programa Roda Viva – TV Cultura, na noite desta segunda-feira (17), ele garantiu que irá trabalhar para instaurar a universalização de direitos e um ciclo de prosperidade no estado.

“Vamos alavancar um ciclo de prosperidade para todos, trabalhando desde o primeiro dia para melhorar a vida das pessoas”, disse o governador eleito ao relembrar as 65 propostas que compõem seu programa de governo, apresentadas ao povo do Maranhão ao longo de toda a campanha eleitoral.

Richard D. Wolff: O que o capitalismo proporciona


'O capitalismo não funciona'. A maior parte dos presidentes atravessam um ou mais períodos econômicos maus (recessões, depressões, crises, etc). Todo presidente desde pelo menos Franklin Dellano Roosevelt gerou um "programa" para responder ao período mau – tal como era pedido pelos cidadãos e os negócios.

Por Richard D. Wolff*







FDR e todo presidente posterior prometiam que o seu programa iria "não só livrar os EUA das perturbações econômicas atuais como também garantiria que nem nós nem os nossos filhos precisarão enfrentar tais períodos maus no futuro". Obama foi apenas o mais recente a dizer isso.