segunda-feira, 2 de maio de 2016

Antropoceno: a era do capital


Luciano Rezende *

Após 11,7 mil anos estamos prestes a nos despedir do Holoceno – iniciado na última Idade do Gelo - e ingressarmos em uma nova era geológica batizada pelo sugestivo nome de Antropoceno, ou seja, a “era dos homens”.

domingo, 1 de maio de 2016

Em artigo para a Folha, Lindbergh explica porque golpe não passará no Senado


lindbergh9205 c6fc55df2c bSenador diz que o processo golpista desmoraliza o Brasil perante o mundoO senador Lindbergh Farias (PT-RJ) é um veterano quando se trata de participação política. Em 1992, participou ativamente do processo que culminou no impeachment do presidente Fernando Collor. Ele estava ao lado dos que defendiam que o então chefe do Executivo deveria ser apeado do cargo. Havia provas concretas, colhidas por uma Comissão Parlamentar Mista de Inquérito de que Collor cometera crimes. Agora, contra Dilma, a história é muito diferente, lembra o senador. 

sábado, 30 de abril de 2016

Vanessa Grazziotin pede suspensão da comissão do impeachment


A senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB/AM) apresentou uma questão de ordem pedindo a suspensão dos trabalhos da comissão do impeachment, ao final da segunda audiência da comissão nesta sexta-feira (29). O pedido baseia-se no art. 143, do Regimento Interno do Senado Federal, c/c art. 38 da Lei nº 1079/50 e o art. 93 do Código de Processo Penal.


Agência Senado
Segundo Vanessa, o pedido de impedimento da presidenta Dilma Rousseff descumpre a legislação em vigor.Segundo Vanessa, o pedido de impedimento da presidenta Dilma Rousseff descumpre a legislação em vigor.
Segundo a questão de Ordem: "Não se pode permitir a abertura de um processo tão grave, como é o processo de impeachment, com base em mera suposição de que a Presidente da República tenha sido conivente com atos de corrupção.

Estudo aponta como o sistema tributário concentra renda no Brasil


Análise crítica produzida pelos economistas Sérgio Wulff Gobetti e Rodrigo Octávio Orair, do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), mostra que o sistema tributário brasileiro apresenta “elevado grau de concentração de renda no topo da distribuição, baixa progressividade e violação dos princípios da equidade horizontal e vertical”.


Concentração de rendaConcentração de renda
Significa que, apesar de o país ter uma das mais altas cargas tributárias do mundo, por volta de 33% do produto interno bruto (PIB), esta é concentrada em tributos indiretos e regressivos, não em tributos diretos e progressivos – ou seja, proporcionalmente, os ricos pagam menos impostos, o que contribui para aumentar a já alta concentração de renda.

Estudo aponta como o sistema tributário concentra renda no Brasil

Análise crítica produzida pelos economistas Sérgio Wulff Gobetti e Rodrigo Octávio Orair, do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), mostra que o sistema tributário brasileiro apresenta “elevado grau de concentração de renda no topo da distribuição, baixa progressividade e violação dos princípios da equidade horizontal e vertical”.


Concentração de rendaConcentração de renda
Significa que, apesar de o país ter uma das mais altas cargas tributárias do mundo, por volta de 33% do produto interno bruto (PIB), esta é concentrada em tributos indiretos e regressivos, não em tributos diretos e progressivos – ou seja, proporcionalmente, os ricos pagam menos impostos, o que contribui para aumentar a já alta concentração de renda.

Precarização do trabalho está por trás de golpe contra Dilma


Com direitos ameaçados por um possível governo de Michel Temer, neste mês de maio, trabalhadores permanecem mobilizados para evitar retrocessos e barrar o golpe. Líder do PCdoB na Câmara, Daniel Almeida (BA), diz que vice-presidente age sem legitimidade e reapresenta agenda derrotada nas urnas.

Por Iberê Lopes


  
Para enfrentar a grave crise política e econômica que o Brasil atravessa, o PMDB tem se colocado como porta-voz do mercado financeiro. No documento intitulado Ponte para o Futuro, apresentado pelo vice-presidente, Michel Temer, em 2015, estão elencadas propostas que ameaçam as principais conquistas e os direitos adquiridos pelos trabalhadores.

João Sicsú: Salário mínimo é um dos alvos do golpe

Frei Betto tem razão quando diz que faltariam ruas para protestos se os pobres soubessem quais são os planos da coligação que tenta tomar o governo pela via do golpe. Um dos alvos principais é o salário mínimo. As razões são variadas. Mas todas convergem: o mais importante será a redução do valor real do salário mínimo.

Por João Sicsú*


  
O salário mínimo foi criado no dia 1º de maio de 1940 por Getúlio Vargas. Desde a sua criação, o salário mínimo sofreu muitos ataques. São ataques contra o seu valor e ataques à sua existência.

sexta-feira, 29 de abril de 2016

Gleisi fala em renuncia coletiva de senadores do PT se Dilma sofrer Impeachment

Gleisi fala em renuncia coletiva de senadores do PT se Dilma sofrer Impeachment

Reflexões iniciais sobre conspiratas, alianças e hegemonia


Sergio Barroso *

No já indispensável “Flores, votos e balas” (Companhia das Letras, 2015), Angela Alonso nos convence que André Rebouças, Joaquim Nabuco e José do Patrocínio, cada qual a seu modo, iludiram-se fartamente com a possibilidade de uma agenda reformista dum “Terceiro Reinado”, no torvelinho do pós-Abolição. Ademais desses três grandes revolucionários brasileiros restarem aprisionados pelo monarquismo.


A catapulta policlassista

Veja como será a marcha que já faz tremer o Palácio Iguaçu


28 ABR 2016 - 15:45 
marcha16
Nesta sexta-feira em que o massacre de 29 de abril completará um ano, uma grande marcha liderada pelos educadores da rede pública estadual vai sacudir Curitiba. As perspectivas de tamanho, força e repercussão desta mobilização já estão fazendo tremero governador Beto Richa (PSDB) e sua equipe; a julgar pelos ataques desferidos pela internet e com uma carta falsa distribuída nas escolas.

quinta-feira, 28 de abril de 2016

Programa do PCdoB diz não ao golpe e denuncia plano Temer-Cunha


Chamada programa PCdoBChamada programa PCdoB

A propaganda do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) que vai ao ar nesta quinta-feira (28), em rede nacional de rádio e televisão, denuncia o que está por trás da farsa do impeachment contra a presidenta Dilma Rousseff e destaca que o golpe põe fim a uma das maiores conquistas dos brasileiros nos últimos tempos: a democracia. 

Bresser-Pereira: Dilma atiçou ira de rentistas ao atacar juros altos


Li hoje no Wall Street Journal uma notícia muito interessante. A classe média alemã está furiosa com o presidente do Banco Central Europeu porque este tornou a taxa de juros básica negativa. Como essa classe média vota no partido conservador (democrata-cristão) hoje no governo, seus políticos estão também inconformados com a política de Mario Draghi - que certamente é a política correta, dado o baixo crescimento da Zona do Euro e taxa de inflação próxima de zero.

Por Luiz Carlos Bresser-Pereira


  
Para nós, brasileiros, esta notícia é muito significativa. Desde o Plano Real, os brasileiros pagam a uma parte deles - os rentistas - cerca de 6% do PIB, porque o Banco Central realiza sua política monetária em torno de uma taxa de juros real muito alta - cerca de 6% - enquanto hoje nos países ricos essa taxa é negativa, e nos países em desenvolvimento, gira em torno de 2%.

A mídia e o Judiciário estão apodrecidos, diz Márcia Tiburi


  

A intolerância política tem provocado uma série de agressões contra pessoas que defendem o Estado Democrático de Direito no país. O ex-ministro da Fazenda Guido Mantega foi hostilizado num hospital. O ex-secretário de Direitos Humanos de São Paulo Eduardo Suplicy foi ofendido numa livraria.

quarta-feira, 27 de abril de 2016

AGENDA DE LUTAS DO COMITÊ DE TABIRA CONTRA O GOLPE

 ATENÇÃO: A DATA DO ATO EM TABIRA FOI ANTECIPADA PARA O DIA 30 DE ABRIL.   
 
DATA: 27 DE ABRIL DE 2016.

PARTICIPAÇÃO DA ASSEMBLEIA DO CONDET: CONSELHO DE DESENVOLVIMENTO RURAL,  NO SINDICATO RURAL. 9 HORAS.   (DENÚNCIA DO GOLPE E CONVOCAÇÃO GERAL PARA OS ATOS DOS DIA 30 DE ABRIL EM TABIRA).

DATA:  30 DE ABRIL DE 2016, SÁBADO À NOITE - VIAJEM AO RECIFE PARA:   (PARTICIPAÇÃO DO ATO NA PRAÇA DO DÉRBI) ÀS 9 HORAS,  DIA 1º DE MAIO.
OS INTERESSADOS DEVEM  PROCURAR BIBA DA GELADEIRA.


DATA: 30 DE ABRIL, (SÁBADO) (CONVOCAÇÃO GERAL AO POVO DE TABIRA PARA PARTICIPAR DO ATO CONTRA O GOLPE NA SEDE DA AUNIFIC) ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES DOS BAIRROS DE FÁTIMA I e II e COHAB -  HORA: 7 DA NOITE.

RESPONSABILIDADE:  COMITÊ CONTRA O GOLPE DE TABIRA.

PARTICIPE DESSA LUTA HISTÓRICA!

DEFENDA A DEMOCRACIA E OS SEUS DIREITOS.

JÁ TEM LUTA CONTRA O GOLPE. 

TSE condena PSDB a devolver R$ 1,1 milhão por irregularidades em prestação de contas

Postado em 26 de abril de 2016 às 11:41 pm

Da Folha: DCM.

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) condenou, na noite desta terça-feira (26), o PSDB a devolver R$ 1,1 milhão aos cofres públicos por irregularidades identificadas na prestação de contas do partido de 2010 entregue à Justiça Eleitoral.

Pernambuco sediou curso regional do Nível II


NILSON VELASQUEZPUBLICADO EM 26.04.2016
Com a realização do curso Conceitos Básicos do Marxismo-Leninismo, Nível II da Escola Nacional - o Comitê Estadual do PCdoB de Pernambuco deu mais um importante passo no trabalho de formação teórica de militantes e quadros, fazendo avançar para este ano as orientações oriundas do Encontro Nacional de Formação e Propaganda realizado em março.

MST mobiliza seis capitais no país pela reforma agrária e democracia


Dando continuidade à Jornada Nacional pela Reforma Agrária e em Defesa da Democracia, o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) realiza marchas em diversos estados para lembrar a impunidade por 20 anos do Massacre de Eldorado dos Carajás e para dar um recado claro à elite golpista: “Já está tendo luta!”. O Movimento está acampado em Salvador e realizou também ocupações de terra, na região Sul.  


Sem Terra marcham no Rio Grande do Norte contra o golpeSem Terra marcham no Rio Grande do Norte contra o golpe
Após quilômetros de caminhada, os Sem Terra chegam em marcha às capitais Belo Horizonte, João Pessoa, Natal e Cuiabá. Em Pernambuco, também foram realizados bloqueios em oito pontos na Grande Recife e na BR-232, em Caruaru. Na capital mineira mais dois mil camponeses do MST se somaram à Marcha pela Democracia que chega hoje a Belo Horizonte e subiu o morro de Vera Cruz.

terça-feira, 26 de abril de 2016

Na Câmara, Baiano confirma pagamento de propina para Cunha


Em depoimento ao Conselho de Ética da Câmara, nesta terça-feira (26), o lobista Fernando Soares, conhecido como Fernando Baiano, confirmou aos deputados que repassou pagamentos de propina ao Eduardo Cunha (PMDB-RJ), presidente da Casa. A declaração endossa o que Baino disse em depoimento da delação premiada. 


  
“Eu, pessoalmente, entreguei R$ 4 milhões”, disse ele, aos integrantes do Conselho de Ética nesta terça. Na delação premiada, Baiano disse que Cunha recebeu propina do esquema de corrupção na Petrobras recebendo entre R$ 1 milhão e R$ 1,5 milhão em espécie entregues no escritório de Cunha. 

5 razões para rechaçar o golpe (mesmo se você não apoia Dilma)


31 de março de 2016
 2947  0
Ser contra o impeachment se baseia na convicção de que há muito mais em jogo do que manter o projeto de poder de um partido específico.
 Por Najla Passos, na Carta Maior

Atenção você, esquerdista ou não, nacionalista ou não, progressista ou não, que acredita na democracia e nas conquistas civilizatórias, que não fecha acordo com fascistas e seus seguidores desavisados, mas também não se sente à vontade para ir às ruas defender o governo Dilma do ajuste fiscal, da Lei Antiterrorismo e do acordo com o PSDB para entregar o pré-sal ao capital estrangeiro: este artigo é uma tentativa de diálogo exatamente com você!

segunda-feira, 25 de abril de 2016

Golpe em curso: Bem pior que 64!


Por Mino Carta, na revista CartaCapital:

Um filme intitulado Sem Evidências enfeitou a programação de uma HBO a cabo na noite de domingo, 17 de abril de 2016. Mergulhei no enredo ao mudar ao acaso um canal para outro, enquanto a Câmara Federal rasgava impavidamente a Constituição para condenar a presidenta Dilma Rousseff sem provas do crime que lhe atribuía.

CARTA CAPITAL APONTA MEIRE POZA COMO AGENTE INFILTRADA DA PF

STF quebra sigilos do demo Agripino Maia


Por Altamiro Borges

Sem maior estardalhaço na mídia, o Supremo Tribunal Federal autorizou na sexta-feira (22) a quebra dos sigilos bancário e fiscal do senador José Agripino Maia (RN), presidente nacional do DEM e um dos mais ativos golpistas do país. Seu filhinho, o deputado Felipe Maia, que no domingo passado votou pelo impeachment da presidenta Dilma, também terá suas contas abertas. Os dois demos, que adoram se travestir de santos e de paladinos da ética, são suspeitos de integrarem um “complexo esquema de corrupção e lavagem de dinheiro”. A decisão da quebra dos sigilos foi tomada pelo ministro Luís Roberto Barroso, do STF, atendendo ao pedido da Procuradoria-Geral da República.

Os 28 golpistas na planilha da Odebrecht


Por Altamiro Borges

No show de horrores da aprovação do impeachment de Dilma, o cinismo ficou estampado na cara de vários deputados. Eles falaram pela família, por Deus e contra a corrupção numa encenação grotesca para esconder os seus podres. Aos poucos, porém, fica patente a farsa destes moralistas sem moral. O Jornal do Brasil divulgou neste sábado (23) um balanço revelador: "Dos 367 deputados que votaram no último domingo (17) pela admissibilidade do impeachment da presidente Dilma, na Câmara dos Deputados, 28 deles compõem as planilhas da Odebrecht apreendidas na 26ª fase da Operação Lava Jato". Vale conferir e gravar os nomes destes "nobres" e "éticos" parlamentares:

domingo, 24 de abril de 2016

TABIRA: O PROFESSOR PODE FALAR SOBRE POLÍTICA EM SALA DE AULA?

REFLEXÃO DA SEMANA Nº 56

Por Dedé Rodrigues



Bom dia meus amigos e minhas amigas ouvintes do Programa Tabira em Tempo. Esta semana um blogueiro de Tabira, dirigente do PPS local, escreveu um texto no  whatsapp dele me acusando de reprovar  alunos que discordavam da minha opinião sobre o processo de impeachment que a Presidenta Dilma está sofrendo.  A reprovação, segundo ele,  se daria  quando o aluno discordava  de mim na prova sobre o termo  golpe,  no lugar de impeachment. Ele cita o meu partido e ainda faz críticas a minha Escola Arnaldo Alves Cavalcanti.  Esse mesmo cidadão, pai de uma das minhas alunas, foi convidado à escola para se explicar e saiu convencido de que estava equivocado e prometeu fazer uma nota no whatsapp dele desconstruindo a calúnia que fez.  Na verdade ele estava confundindo uma questão objetiva de múltipla escolha com uma questão dissertativa ou opinativa. Espero que o equívoco dele termine por aí. Porém esse episódio me inspirou a responder a seguinte questão:  o professor pode falar sobre política em sala de aula? 

A razão real que os inimigos de Dilma querem seu impeachment


A história da crise política no Brasil, e a mudança rápida da perspectiva global em torno dela, começa pela sua mídia nacional. A imprensa e as emissoras de TV dominantes no país estão nas mãos de um pequeno grupo de famílias, entre as mais ricas do Brasil, e são claramente conservadoras. Por décadas, esses meios de comunicação têm sido usados em favor dos ricos brasileiros, assegurando que a grande desigualdade social (e a irregularidade política que a causa) permanecesse a mesma.


  
Aliás, a maioria dos grandes grupos de mídia atuais – que aparentam ser respeitáveis para quem é de fora – apoiaram o golpe militar de 1964 que trouxe duas décadas de uma ditadura de direita e enriqueceu ainda mais as oligarquias do país. Esse evento histórico chave ainda joga uma sombra sobre a identidade e política do país. Essas corporações – lideradas pelos múltiplos braços midiáticos das Organizações Globo – anunciaram o golpe como um ataque nobre à corrupção de um governo progressista democraticamente eleito. Soa familiar?

Lênin tem imagem positiva para mais de metade dos russos




Uma pesquisa de opinião pública do Centro Levada divulgada nesta semana revelou que a quantidade de russos que veem de maneira positiva o papel histórico de Lênin subiu de 40% para 53% nos últimos dez anos.


Foto: Gazeta Russa
  
As melhores impressões sobre o líder revolucionário soviético vieram de aposentados (67%), pessoas com mais de 55 anos de idade (66%) – ou seja, que já tinham mais de 25 anos de idade quando da queda da URSS -, de baixa renda (58%) e moradores de povoados com população inferior a 100 mil habitantes (62%).

sábado, 23 de abril de 2016

"Me dizer que não é golpe é tampar o sol com a peneira"

TABIRA: DIRIGENTES DO PC DO B E DO PT VÃO PROPOR NOVO ATO REGIONAL CONTRA O GOLPE


 Num encontro ocorrido na sexta-feira, os dirigentes do PT (Partido dos Trabalhadores) e do PC do B (Partido Comunista do Brasil) do município de Tabira,  decidiram que irão propor a Frente Brasil Popular e ao Comitê Contra o Golpe, organizações criadas nesse município, um ato regional em defesa da democracia no próximo 1º de maio, dia do trabalho.

Os 146 anos do revolucionário Lênin


Fosse vivo, o revolucionário russo Vladimir Ilyitch Uliánov estaria comemorando 146 anos – ele nasceu em 22 de abril de 1870. 

Por José Carlos Ruy


Arquivo histórico
  
Ele adotou, desde 1902, o apelido com o qual ganharia o coração dos revolucionários em todo o mundo: Lênin, inspirado no rio Lena, que passava pelo vilarejo onde esteve desterrado pelo czarismo em punição por suas atividades revolucionárias.

quinta-feira, 21 de abril de 2016

Maduro diz que impeachment de Dilma ameaça toda a América Latina


O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, reiterou nessa semana apoio à presidenta brasileira, Dilma Russeff, diante do que considera ser "um golpe de Estado parlamentar" que ameaça toda a América Latina. "Esse golpe de Estado no Brasil é uma ameaça para todos os povos da América", disse.


Divulgação
  
Nicolás Maduro falou em Caracas para centenas de simpatizantes que saíram à rua numa marcha para comemorar o 206º aniversário da assinatura da Ata de Declaração da Independência da Venezuela, assinada em 19 de abril de 1810. "Fomos testemunhas de um evento que, sem lugar para dúvidas, constitui um golpe de Estado parlamentar contra a legítima presidente do Brasil, Dilma Rousseff", frisou.