sábado, 25 de outubro de 2014

Dilma neutraliza bala de prata na Globo


Por Luiz Carlos Azenha, no blog Viomundo:

A famosa “bala de prata”, que poderia modificar os votos dos indecisos, foi neutralizada de cara pela presidente Dilma Rousseff, já na abertura do debate da TV Globo.

Ela atacou a credibilidade não só da revista Veja, como também da IstoÉ, que mais uma vez neste fim de semana fez jus ao apelido jocoso de QuantoÉ.

O autoritarismo do "censor" Aécio Neves


Foto: SJSP/ Cadu Bazilevski
Por Felipe Bianchi, no site do Centro de Estudos Barão de Itararé:

A fama de ‘censor’ que o presidenciável tucano Aécio Neves carrega em Minas Gerais, estado que governou por 12 anos, foi tema de debate na noite desta quarta-feira (22), em São Paulo. Jornalistas e sindicalistas lembraram diversos casos de censura e demissões ocorridos ao longo de seu governo, ressaltando a ameaça que sua candidatura significa para a liberdade de expressão e fazendo um alerta: “Precisamos contar quem é Aécio, pois a grande mídia não o faz”.

Urariano Mota comenta poema sobre a visita de Dilma ao Recife


Ichiro Guerra
Dilma em Recife (PE).Dilma em Recife (PE).

Em sua coluna “Prosa, Poesia e Política”, Urariano Mota, jornalista e escritor pernambucano, fala sobre o poema escrito por Dedé Rodrigues, poeta e militante do PCdoB, que escreveu uma obra depois de ler o texto de Urariano sobre a visita de Dilma ao Recife (PE) nesta semana.

Por Ramon de Castro, para a Rádio Vermelho


Ouça o áudio na íntegra na Rádio Vermelho

Coligação Com a Força do Povo vai acionar revista Veja na Justiça


A Coligação Com a Força do Povo (PT, PMDB, PDT, PCdoB, PR, PSD, PRB, PP e PROS) vai acionar judicialmente a revista Veja nesta sexta-feira (24) em razão das informações publicadas em sua mais recente edição, em quatro ações criminais e em outras quatro ações eleitorais.


Líderes do PT, PMDB, PDT, PCdoB, PR, PSD, PRB, PP e PROS.Líderes do PT, PMDB, PDT, PCdoB, PR, PSD, PRB, PP e PROS.
As ações judiciais criminais são: ação penal por calúnia e difamação contra o repórter que assina o texto e contra a revista; pedido de investigação à Procuradoria Geral da República (PGR) para que apure o suposto vazamento de parte da delação de Alberto Yousseff; pedido ao Supremo Tribunal Federal (STF) para que apure o suposto vazamento de parte da delação de Alberto Yousseff; pedido de indenização do PT por imagens.

Leia também:
Crime não vai ficar impune: PT ingressa com ação contra Veja

Dilma na linha de frente - à vitória, camaradas!


Sergio Barroso *

The Economist” faz um balanço pessimista dos quatro anos de governo da presidente Dilma Rousseff (PT) e defende abertamente a vitória de Aécio Neves (PSDB) para a Presidência depois de sua ida ao segundo turno (Valor Econômico, 16/10/20140).

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Desesperada, Veja tenta golpe midiático contra a democracia


Como era de se esperar, o semanário Veja lançou a sua última cartada, na tentativa de derrotar o avanço das forças progressistas no segundo turno da eleição. Mantendo a estratégia manjada de factoide, a revista da família Civita antecipou a divulgação de sua capa com uma denúncia “bomba”, atacando as duas principais lideranças responsáveis pelas conquistas e avanços do Brasil nos últimos 12 anos: o ex-presidente Lula e a presidenta Dilma Rousseff.

Da Redação do Portal Vermelho, Dayane Santos


Brasil 247
Advogado do réu Youssef desmentiu o panfleto terrorista.Advogado do réu Youssef desmentiu o panfleto terrorista.
A histeria da Vejatem uma explicação: os números das pesquisas de intenção de voto divulgadas nesta quinta-feira (23) pelo Datafolha e Ibope apontam a candidata Dilma com uma vantagem de 6 e 8 pontos percentuais, respectivamente, sobre o candidato tucano Aécio Neves.

Dilma: Meu projeto garante empregos, salários e qualidade de vida


A cinco dias do momento decisivo das eleições, a presidenta Dilma Rousseff, candidata à reeleição, reuniu uma multidão de mais de 50 mil pessoas em Goiana (PE) nesta terça-feira (21), num ato de apoio da região à sua campanha. 


A candidata Dilma Rousseff em Recife. Foto: Ricardo Stuckert/ Instituto LulaA candidata Dilma Rousseff em Recife. Foto: Ricardo Stuckert/ Instituto Lula
“Daqui a uns dias, nós vamos votar e algumas coisas têm de ficar claras para nós. São dois projetos, um que não olhava para o povo deste país, que governava para os mais ricos, e o outro que foi feito para todos os brasileiros, que foi o meu e do presidente Lula”, afirmou Dilma.

Eleitores usam o humor para ridicularizar capa da Veja


A hashtag #DesesperoDaVeja foi criada no início da noite desta quinta-feira (23) e poucas horas depois, já liderava o trending topics do Twitter, uma espécie de ranking dos assuntos mais comentados na rede social. Até o início da tarde desta sexta-feira (24), permanecia na liderança.  


Os dois presidentes responsáveis por tirar o Brasil do Mapa da Fome da ONU são responsáveis, no humor irônico dos eleitores, por vários problemas e tragédias do mundo. Os dois presidentes responsáveis por tirar o Brasil do Mapa da Fome da ONU são responsáveis, no humor irônico dos eleitores, por vários problemas e tragédias do mundo. 
 
O bom humor é uma maneira muito usada nas redes sociais para combater a mentira e a truculência. Justamente dois dos sentimentos provocados pela revista Veja ao tentar, na última hora e na véspera da eleição, mais um golpe contra a vontade do povo brasileiro. Povo que, nas últimas pesquisas, deram ampla vantagem a Dilma Roussef.

Leia também:

O ESCRITOR QUE FEZ UM POETA CHORAR

Por Dedé Rodrigues

Eu tive um enorme prazer e uma gratificante emoção quando  hoje pela madrugada li a matéria de Urariano Mota, renomado escritor e Jornalista pernambucano, intitulada "Dá licença, presidenta, o povo do Recife pede a sua mão". Ele contou em detalhes a visita de Dilma ao Recife e a forma carinhosa como ela foi recepcionada pelo apaixonado povo pernambucano. O jeito peculiar e poético como ele descreveu algumas cenas deste evento me inspirou a escrever este humilde cordel, no qual tento reproduzir a emoção e os fatos citados por ele. Só para se ter uma ideia eu parei quatro vezes a leitura dominado pela emoção como se estivesse vivendo também os fatos narrados por ele. Segue os meus versos nesta singela homenagem a Dilma Rousseff, a  Urariano Mota e ao povo pernambucano.

    
Dá licença, presidenta...
Grita o povo em emoção:
Nós, o povo do Recife,  
Pedimos a sua mão.


Era tão grande a paixão
E o delírio do povo
Que pareciam meninos
Sendo crianças de novo.

"Pepe Legal": José Mujica chega ao fim de seu mandato no Uruguai


José Mujica chegou ao poder no Uruguai em 2010 e marcou uma nova era de reformas liberais, como o casamento gay e a legalização da maconha. Uma matéria publicada pela revista The Economist, no ano passado, o atual presidente uruguaio conseguiu promover tantas mudanças por ser um líder "admirávelmente humilde". Às vésperas da eleição presidencial no país, fizemos um infográfico que recorda alguns feitos de Mujica.

Por Théa Rodrigues, da redação do Portal Vermelho


Telesur
No próximo domingo (26), os uruguaios têm a dura tarefa de eleger um substituto para José Mujica, atual presidente do país.No próximo domingo (26), os uruguaios têm a dura tarefa de eleger um substituto para José Mujica, atual presidente do país.
São muitas as qualidades do mandatário ressaltadas por diversos meios de comunicação durante o seu mandato. Mujica, ou "Pepe" como é chamado intimamente, foi guerrilheiro tupamaro e passou 14 anos na prisão, onde foi torturado durante a ditadura. Apesar de ter ganho a simpatia de muitos, não esteve isento de críticas. Ele reconhece que não fez tudo o que gostaria de ter feito pelo seu país, em uma entrevista publicada pelo jornal uruguaio La República, ele afirmou que "ficaram muitíssimas coisas na caneta, queria ter feito mais, mas pelo menos tentei aportar uma imagem muito republicana, cultivar aquilo de que ninguém é mais do que ninguém e o presidente é igual a qualquer membro da sociedade".

Leia também:
Eleições no Uruguai: Quem substituirá José Mujica?

"Por que eu mudei", depoimento de um ex-tucano


Como quase todo mundo da minha geração que cresceu em Alphaville, subúrbio nobre de São Paulo, eu sempre fui tucano. Na infância, tive uma vida mais que confortável e desde cedo soube, por meus pais, que era um privilegiado.

Por Rafael Cardone, no Facebook*


 Rafael Cardone Rafael Cardone
Em 2002, Lula foi eleito a contragosto meu e de todos à minha volta. Eu tinha 15 anos e ouvi o anúncio de catástrofes que nunca vieram.

Quando surgiu o escândalo do "mensalão", em 2005, torci por um impeachment, que, para a minha frustração, não veio. Na época, cheguei a sentir raiva do PSDB por não fazer a oposição que eu achava necessária.

Achava que os tucanos eram fracos por também terem o rabo preso, mas só queria criticar o partido adversário. Eu não tinha esquecido dos escândalos da era FHC, que, como aquele, não tinham sido comprovados.

Governo de MG persegue e demite jornalistas para esconder corrupção


Julia Lanari
Kerison LopesKerison Lopes

Kerison Lopes, presidente do Sindicato dos Jornalistas de Minas Gerais, em entrevista à Rádio Brasil Atual, nesta quinta-feira (23), fala sobre a censura durante a gestão de Aécio Neves como governador mineiro. Lopes acusou os tucanos de perseguirem e demitirem jornalistas para esconder casos de corrupção e para não serem alvos de críticas.

Por Ramon de Castro, para a Rádio Vermelho


Ouça a entrevista na íntegra na Rádio Vermelho:

 OUVIR

Download  BAIXAR ARQUIVO

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Dilma abre vantagem de seis pontos no Datafolha e oito no Ibope


Os institutos Datafolha e Ibope divulgaram nesta quinta-feira (23) pesquisas que mostram que a presidenta Dilma Rousseff, candidata à reeleição, aumentou a vantagem sobre o adversário tucano Aécio Neves, ficando isoladamente na frente em ambos os levantamentos.


  
Na pesquisa Datafolha, Dilma tem 53% das intenções de votos válidos, enquanto Aécio Neves ficou com 47%. Com a margem de erro dois pontos percentuais para mais ou para menos, Dilma está na dianteira fora do empate técnico, com seis pontos de vantagem.

Por reforma política, OAB defende mobilização como às da Diretas Já


Para aprovar a reforma política será necessária uma mobilização semelhante ao movimento pelas eleições diretas, defendeu nesta quinta-feira (23) a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), no encerramento do Congresso Nacional de Advogados.


Aldo Arantes é secretário da Comissão Especial de Mobilização pela Reforma Política Democrática da OAB e dirigente nacional do PCdoBAldo Arantes é secretário da Comissão Especial de Mobilização pela Reforma Política Democrática da OAB e dirigente nacional do PCdoB
O secretário da Comissão Especial de Mobilização pela Reforma Política Democrática da OAB, Aldo Arantes, que também é dirigente nacional do PCdoB, destacou que o projeto defendido pela entidade e mais 102 instituições vai requerer grande envolvimento da sociedade para passar no Legislativo.

Celso Amorim: Eleições 2014, uma visão de Brasil


Ao longo dos últimos doze anos, tive a honra de contribuir com o Presidente Lula e com a Presidenta Dilma Rousseff na condução das políticas externa e de defesa.

Por Celso Amorim*


Foto Montagem
Na imagem à esquerda, Dilma discursa a respeito das revelações de espionagem e intrusão cibernética sobre o Brasil. No topo, em reunião com os presidentes dos países que compõe o Brics. Abaixo, com os membros do Mercosul.Na imagem à esquerda, Dilma discursa a respeito das revelações de espionagem e intrusão cibernética sobre o Brasil. No topo, em reunião com os presidentes dos países que compõe o Brics. Abaixo, com os membros do Mercosul.
Como diplomata de carreira desde 1963, acostumara-me a constatar, com raras e passageiras exceções, a fragilidade da percepção da nossa classe política sobre as relações externas do Brasil, marcada por uma perspectiva acanhada, obcecada por conceitos como “ausência de excedente de poder”, que serviam para justificar comportamentos tímidos, pouco condizentes com as dimensões do país e as aspirações do nosso povo.

Dilma: "No meu governo políticas sociais se voltaram para as mulheres"


  Dilma Rousseff em Duque de Caxias ao lado das deputadas federais, Jandira Feghali (PCdoB-RJ) e Benedita da Silva (PT-RJ).  Foto: Ichiro Guerra

 “Vocês serão a minha voz e a minha palavra! Vamos juntas ganhar esta eleição, e mostrar que este País não quer voltar para trás, que não aceitamos perder as conquistas feitas arduamente”, afirmou a presidenta Dilma Rousseff, candidata à reeleição, nesta quarta-feira (22), durante caminhada com mulheres em Duque de Caxias (RJ).


Dilma disse que o Brasil vive uma batalha em defesa da manutenção da sua força e independência. “Temos que lutar para que aqueles que querem o bem deste País vençam esta eleição, aqueles que querem um Brasil forte e independente vençam. Nosso compromisso é no dia 26 comemorar a vitória do Brasil para frente”.

Caso Protógenes: Dois pesos, duas medidas; não se faz Justiça assim



A Comissão Política Nacional do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) divulgou nesta quarta-feira (22) uma nota em apoio ao deputado federal Protógenes Queiroz, do PCdoB de São Paulo, que foi punido na última terça-feira pelo Supremo Tribunal Federal por suposta "fraude" durante investigação no Caso Satiagraha.


Deputado Federal Protógenes QueirozDeputado Federal Protógenes Queiroz
O Partido também afirma causar estranheza a severa punição dada a Protógenes. "Causa indignação a utilização de dois pesos, duas medidas com que a Justiça lida no país com a falta de republicanismo nos inquéritos e, pior ainda, a impunidade ainda reinante, como nos fatos graves evidenciados pela Operação Satiagraha. Não se faz justiça assim", diz a Comissão Política Nacional do PCdoB.

Leia abaixo a íntegra da nota:

Dois pesos, duas medidas – Não se faz Justiça assim

Luciano Martins Costa: A "guarda revolucionária" da imprensa



Este observador recebe regularmente mensagens de jornalistas que atuam nos principais veículos de comunicação. São em geral desabafos, lamentações, queixas de profissionais que se dizem pressionados por dirigentes, editorialistas e até mesmo colunistas, que agem como aiatolás em defesa da doutrina predominante na imprensa. A “guarda revolucionária” das redações acredita piamente que está batendo às portas de Teerã.

Por Luciano M. Costa, no Observatório da Imprensa


Reprodução
  
Não é incomum que repórteres sejam abordados, em meio a suas tarefas, por esses diligentes guardiães da pauta, sempre ciosos de que o texto final seja uma reprodução exata daquilo que foi imaginado pelos planejadores da edição.

Luciano Martins Costa: A mídia estragou a oposição



Os jornais de quarta-feira (22) fazem uma série de digressões na cobertura da disputa eleitoral, levando seus leitores a passear por temas paralelos, como se os editores estivessem saturados com o bate-boca que eles mesmos estimularam.

Por Luciano Martins Costa, no Observatório da Imprensa


  
O Estado de S.Pauloaposta em manchete sobre a crise de abastecimento de água em São Paulo, o Globo destaca entrevista do ministro José Antônio Dias Toffoli, presidente do Tribunal Superior Eleitoral, e a Folha de S.Paulo apresenta explicações para a virada nas intenções de voto, favorável à reeleição da presidente Dilma Rousseff.

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Peculiaridades que nos farão lembrar das Eleições 2014.


Ana Maria Prestes *

Alguns fatos e características nos farão lembrar pra sempre destas eleições. Seguem pontuadas algumas que considero interessantes.


Primeira vez em que avaliamos a tendência do eleitorado pelo sobe e desce da bolsa de valores;

Primeiras eleições do "selfie";

Eleições em que, durante as campanhas, se travou uma verdadeira guerra virtual em território imune à lei eleitoral: o whatsapp;

As eleições das redes sociais;

Pernambucanos vão às ruas em apoio à reeleição de Dilma



Terminou agora a grande caminhada pelas ruas do centro do Recife que finalizou as atividades com a presidente e candidata a reeleição Dilma Rousseff (PT) em Pernambuco.



Em Petrolina, Dilma reúne milhares de pessoas.


Depois de ter reunido cerca de 30 mil pessoas em Petrolina e em Goiana, a presidente chegou ao Parque 13 de Maio por volta das 19h, e encontrou o Centro do Recife tomado pelos militantes. Estava acompanhada do ex-presidente Lula e dos senadores Humberto Costa (PT) e Armando Monteiro Neto (PTB), e a deputada federal Luciana Santos (PCdoB), em um mini trio elétrico.

Dilma visita fábrica em Pernambuco que vai gerar 8 mil empregos



As instalações da nova unidade industrial da Fiat Chrysler Automóveis em Pernambuco recebem, nesta terça-feira (21), a visita da presidenta Dilma Rousseff. O grupo está investindo R$10 bilhões e a fábrica comporá o Polo Automotivo de Goiana, na Região Metropolitana do recife, que, ao atingir a capacidade de produção de 250 mil veículos/ano, gerará oito mil empregos diretos.
 

Por seu poder irradiador sobre a economia, o polo automotivo projetará seus efeitos em toda a Zona da Mata Norte em Pernambuco. 
A fábrica, que está sendo instalada em terreno com 11 milhões de m² no município de Goiana, fica a 62 km do Recife e a 52 km de João Pessoa, na região conhecida como Mata Norte de Pernambuco.

As obras, iniciadas em setembro de 2012, estão com 85% de execução e tem previsão de início da produção para o primeiro trimestre de 2015. A planta industrial será a mais moderna fábrica do Grupo Fiat Chrysler e um dos mais avançados centros de produção do mundo.

Barão de Itararé promove debate sobre a censura de Aécio Neves



Na quarta-feira (22), a censura de Aécio Neves e a ameaça que a candidatura tucana representa à liberdade de expressão serão temas de debate na capital paulista. A atividade acontece no Sindicato dos Jornalistas de São Paulo (Rua Rego Freitas, 530 - República), a partir das 19h, com entrada franca.

 

A discussão dos conhecidos casos de censura por parte de Aécio Neves enquanto governador de Minas Gerais e o risco que significa sua possível eleição à presidência em relação à liberdade de imprensa e à liberdade de expressão no país serão discutidas pelos seguintes convidados:

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Vox Populli confirma Dilma com 52% dos votos válidos


A pesquisa do Instituto Vox Populi, encomendada pela TV Record, divulgada nesta segunda-feira (20) indica que a presidenta Dilma Rousseff permanece à frente do candidato tucano Aécio Neves na corrida à Presidência da República. Os números são semelhantes aos que foram divulgados pelo Datafolha também na noite desta segunda (20)

Considerando apenas os votos válidos, ou seja, descontando-se brancos, nulos e eleitores indecisos, Dilma aparece com quatro pontos percentuais a mais: 52%, enquanto o tucano soma 48%. É com esses números que o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) chega ao vencedor da eleição. 



Dilma em campanha.





















Leia também:

Ministério autoriza pagamento do Garantia-Safra a agricultores



Agricultores dos estados da Bahia, do Ceará, de Minas Gerais, da Paraíba, de Pernambuco e do Piauí, prejudicados pela seca este ano e em 2013, começarão a receber o benefício Garantia-Safra a partir deste mês, conforme calendário de pagamento de benefícios socais da Caixa Econômica Federal.

Plano safra

Portaria do Ministério do Desenvolvimento Agrário, publicada nesta segunda-feira (20) no Diário Oficial da União, autoriza o pagamento do Garantia-Safra aos agricultores de municípios dos seis estados que aderiram ao programa.

Criado em 2002, o Garantia-Safra visa a garantir condições mínimas de sobrevivência aos agricultores familiares de municípios sujeitos à perda de safra em razão da estiagem ou excesso chuvas. Os municípios estão situados na área de atuação da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene). O programa também beneficia o Espírito Santo.

Fonte: Agência Brasil
Reprodução
Plano safra

Governo cria comissão contra criminalização de movimentos sociais


O Conselho das Cidades, ligado ao Ministério das Cidades, criou a Comissão Especial contra a Criminalização dos Movimentos Sociais. O objetivo da comissão, segundo portaria publicada nesta segunda-feira (20) no Diário Oficial da União, é “impedir a criminalização de movimentos e organizações sociais” diante de iniciativas como o Projeto de Lei do Senado (PLS) 499/2013, que define o crime de terrorismo.

Manifestação na USP (Marcos Bezerra)

Umas das atribuições da comissão será justamente representar o Conselho das Cidades nos debates sobre o PLS 499/2013 e outras propostas correlatas. O colegiado também terá a função de “provocar interlocução junto ao Congresso Nacional, com o objetivo de sensibilizar o parlamento no sentido de garantir a não aprovação de dispositivos legais que violem direitos e liberdades constitucionais”.

Inácio apresenta propostas de incentivo a produção no Nordeste


O senador Inácio Arruda (PCdoB-CE) apresentou emendas à Medida Provisória em tramitação no Congresso, que possibilitam incentivos a setores importantes da produção no Nordeste, como forma de enfrentar a seca.  


A exportação de peles de ovinos e caprinos tem enfrentado problemas decorrentes do chamado custo Brasil, explica o senador.A exportação de peles de ovinos e caprinos tem enfrentado problemas decorrentes do chamado custo Brasil, explica o senador.
O senador quer garantir ao setor de laticínio utilizar o ressarcimento dos créditos presumidos de forma simples para capitalizar-se. “A estiagem que assola a região Nordeste tem consequências nefastas sobre vários setores da economia, em especial o setor de laticínios”, justifica o parlamentar.

"A mobilização deve ser o diálogo e o contato com o povo", diz Renato



Na reta final das eleições no Brasil, o presidente nacional do PCdoB, em entrevista à Rádio Vermelho nesta segunda-feira (20) faz uma importante reflexão da acirrada campanha presidencial no país. Renato Rabelo reafirmou que são dois projetos diferentes em disputa e passou uma mensagem de mobilização e esperança para a militância comunista. 

 "A mobilização deve ser o diálogo e o contato com o povo", diz Renato
Sobre o que chamou de momento decisivo, Renato ressalta que a batalha está sendo desigual e por isso, a mobilização é importante para informar à população o que representa a candidatura de Aécio Neves (PSDB). “É importante salientar que as forças conservadoras comprometidas com a campanha de Aécio (grandes grupos da mídia, oposição conservadora e os grandes ciclos financeiros) procuraram fazer uma grande investida com uma ânsia de derrotar as forças populares e democráticas para que não alcancem um quarto mandato no Brasil”.

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Lula: Quando os tucanos governaram o Nordeste era tratado a pão e água



Em entrevista a Rádio Jornal, no programa de Geraldo Freire, de Recife (Pernambuco), nesta segunda-feira (20), o ex-presidente Lula enfatizou que os tucanos nunca olharam para o Norte e Nordeste do Brasil.


Ricardo Stuckert/Instituto Lula
"Queremos apenas que o Nordeste recupere tudo que perdeu no século XX”, enfatizou Lula"Queremos apenas que o Nordeste recupere tudo que perdeu no século XX”, enfatizou Lula
“Houve um tempo em que essa gente governou o Brasil e o Nordeste era tratado a pão e água. Tudo era pensado para a região mais desenvolvida do país e pouquíssimo para as regiões menos desenvolvidas”, pontuou Lula.

O ex-presidente lembrou que durante seu governo, quando reunia esforços para levar a Fiat e outras empresas para a região, “Aécio chegou a propor medida provisória” no Congresso para impedir a ida da empresa. “Esse tipo de gente que nunca contribuiu para o desenvolvimento do Norte e Nordeste sempre achou que essas regiões deveriam aparecer na imprensa como campeãs da seca, campeãs do analfabetismo, do desemprego. Nós resolvemos mudar isso”, afirmou.